Quatro detidos pela PSP após buscas domiciliárias

Tal como a Rádio Elvas avançou, hoje de manhã, a PSP de Elvas realizou diversas buscas domiciliárias que culminaram com a detenção de quatro indivíduos e a apreensão de armas e munições

Em comunicado o Comando Distrital da PSP detalha a operação:

“O Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública, através da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial de Elvas, no âmbito de uma investigação por crime de roubo, deu cumprimento, no dia de hoje, a cinco mandados de busca domiciliária e a três mandados de detenção na cidade de Elvas.

Desta ação resultou a detenção de quatro homens, com as idades compreendidas entre os 20 os 67 anos, três deles indiciados pelo crime de roubo a residência e o outro indiciado pelo crime de detenção de arma proibida.
Durante as buscas realizadas foi possível apreender o seguinte material:
• 01 arma de Classe D (espingarda de caça);
• 01 arma de classe B1 (revólver de marca Browning);
• 53 cartuchos ( calibre 12GA);
• 02 munições calibre 6,35mm;
• 01 munição calibre 30.06;
• 01 Reprodução de arma de fogo/ Modelo G3 – (classe A)

• 01 arma branca dissimulada sobre a forma de outro objeto (classe A);
• 01 moca – (classe A).
Três dos detidos recolheram às celas de detenção até serem presentes à Autoridade Judiciária, para aplicação de medidas de coação, sendo que o outro detido foi restituído à liberdade por indicação do Ministério Público.
Dá-se igualmente nota de que foi recolhido um canídeo de raça “Setter”, por haver fortes suspeitas de que o mesmo tenha sido furtado ao seu legítimo proprietário, residente na zona limítrofe da cidade de Elvas.
A operação contou com um dispositivo composto por polícias de várias valências do Comando Distrital de Portalegre, apoiados por uma subunidade da Unidade Especial de Polícia (UEP), designadamente, o Grupo Operacional Cinotécnico (GOC), e ainda por várias Equipas de Intervenção Rápida (EIR) dos Comandos Distritais de Castelo Branco, Évora e Santarém”.