Câmara de Évora remove grande lixeira em São Manços

A Câmara Municipal de Évora está a remover uma lixeira de grandes proporções nas imediações de São Manços. Utilizando meios próprios da Unidade de Higiene e Limpeza Pública e da Divisão de Obras Municipais, que incluem, para além dos meios humanos, máquinas e viaturas pesadas, a lixeira a céu aberto que cresceu junto à ribeira em São Manços tem estado a ser removida.

A Câmara eborense espera, após a conclusão dos trabalhos e quando os terrenos ficarem completamente limpos, que a sinalização instalada no local venha a ser respeitada e que a lixeira não volte a formar-se. A deposição ilegal de resíduos, para além de ser altamente danosa para o ambiente pela poluição e contaminação dos solos, é também fonte de insalubridade e causa de problemas sanitários na população que reside nas áreas envolventes. A infração decorrente da deposição ilegal de resíduos é punível com coima nos termos do Regulamento Municipal de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública.

Recorde-se que os grandes volumes de resíduos, quer se trate de inertes ou de vegetais resultantes de podas, devem ser encaminhados através da Gestão Ambiental de Resíduos, EM, que lhe dará o destino adequado de acordo com as normas ambientais.

Os chamados “monstros domésticos” (móveis, colchões, eletrodomésticos e resíduos verdes de jardinagem) podem ser entregues diretamente no Ecocentro de Évora​.​​ Os munícipes​ que não têm meios para se deslocar ao Ecocentro para fazer a deposição desses materiais, podem solicitar a sua recolha ao domicílio através da ​​Unidade de Higiene e Limpeza Pública (telefones 266 777 000 ou 266 777 181 ou e-mail: recolhas@cm-evora.pt ). Este serviço é destinado exclusivamente a particulares. Neste caso, o interessado deverá separar os resíduos, pois poderão ter destinos diferentes. Os resíduos de jardinagem, os mesmos deverão ser ensacados ou atados.