Especialistas debatem Proteção Integrada de Plantas na ESAE

O 12º Encontro Nacional de Proteção Integrada está a decorrer até amanhã, terça-feira, 31 de outubro, na Escola Superior Agrária de Elvas (ESAE), reunindo um conjunto de oradores especialistas nesta temática, bem como estudantes da área.

Carlos Santana, professor na área da fitossanidade na ESAE e membro da organização da iniciativa, revela que estes encontros pretendem “debater a proteção das plantas, de forma integrada, porque antes faziam-se tratamentos massivos com produtos fitofarmacêuticos e, atualmente, com a proteção integrada esses produtos são aplicados de forma mais controlada”.

Neste momento, nesta área, surgem alguns desafios à proteção integrada das plantas, nomeadamente devido às alterações climáticas, ou seja, Carlos Santana revela que “as plantas para além dos inimigos vivos, enfrentam e sofrem com calor intenso e secas, ficando doentes, por isso também estamos aqui para procurar algumas soluções”.

António Mexia, professor Catedrático no Instituto Superior de Agronomia, é participação assídua nestes encontros. Aos nossos microfones adianta que estes encontros têm três objetivos claros: “relembrar o conceito de proteção integrada, incorporar o conhecimento que foi produzido, também tentar sermos capazes de ser atuais e adaptar o corpo teórico às novas realidades, mas sem perder os objetivos”.

Já David Horta Lopes, professor Associado em Fitotecnia na Faculdade de Ciências Agrárias e do Ambiente da Universidade dos Açores explica que neste encontro vai dar a conhecer dois projetos desenvolvidos nos Açores, “na componete de monitorização de pragas e modelação de fatores climáticos, para evitar o aparecimento de pragas”.

Cristina Azevedo, investigadora no InnovPlantProtect em Elvas, apresenta o “trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, no Laboratório Colaborativo elvense, relativo a um produto, de base biológica, para controlar duas doenças que afetam a agricultura”.

Este 12º Encontro Nacional de Proteção Integrada reúne até amanhã, na ESAE, especialistas de várias áreas, na proteção das plantas e produtos vegetais.