Ponte internacional sobre o Rio Sever ganha nove milhões

A ponte internacional sobre o Rio Sever, entre os municípios de Nisa e de Cedillo, está a ganhar razões para ser construída. A mais recente conquista foram nove milhões de euros, para edificar a ligação, ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Este objetivo tem exigido o desenvolvimento de inúmeras diligências, entre o Norte Alentejano e a Estremadura espanhola, para que a construção da ponte internacional sobre o Rio Sever seja uma realidade dentro de três anos, antes do términus de 2025.

A pedido da presidente da Câmara Municipal de Nisa, Idalina Trindade, decorreu na sede da Junta da Extremadura, em Mérida, uma reunião de trabalho para a articulação das partes em torno do desenvolvimento da proposta de traçado, do projeto de execução da ponte e acessibilidades e da avaliação de impacte ambiental.

Na reunião, para além de Idalina Trindade, estiveram presentes Guillermo Vara, presidente da Junta da Estremadura, António Ceia da Silva, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Alentejo, Carlos Carlos, da Diputación de Cáceres, e António Riscado, alcaide do Ayuntamiento de Cedillo.