Os mais de 40 mil extremenhos vacinados com a Janssen vão receber 2ª dose da Pfizer ou Moderna

Na Estremadura espanhola vai arrancar uma nova fase da vacinação contra a Covid-19, a um total de 40.589 pessoas que tinham anteriormente levado a vacina Janssen.

Este processo tem início esta segunda-feira, 15 de novembro, em todas as áreas de saúde desta região do país vizinho, ainda que, dias antes já tenha sido levada a cabo em alguns centros de saúde da zona centro de Badajoz.

Estes cidadãos, que foram vacinados com a Janssen, irão receber a segunda dose de reforço, sendo que as vacinas a ser ministradas são a Pfizer e a Moderna. A vacina a ser ministrada dependerá da disponibilidade das doses, embora previsivelmente a maioria será inoculada com Pfizer.

Esta campanha de reforço para quem foi vacinado com a Janssen, em dose única, não será realizada da mesma forma em todas as áreas de saúde da região, uma vez que algumas pessoas serão chamadas individualmente pelo Serviço de Saúde da Extremadura (SES) para ir ao seu centro de saúde com hora marcada, já em outros haverá chamadas massivas, como no caso de Plasencia, Mérida, Navalmoral de la Mata e Llerena-Zafra.

Esta dose de reforço é recomendada porque, de acordo com estudo de eficácia de vacinas, publicado pelo Ministério da Saúde, a Janssen é aquela que tem menor eficácia contra a Covid-19, das quatro autorizadas.