Casa da História Judaica dá prémio a Elvas

Tal como a Rádio ELVAS noticiou anteriormente, a Câmara Municipal de Elvas recebeu o prémio da primeira edição do Prémio Autárquico Aristides de Sousa Mendes e outros salvadores portugueses – Holocausto, Valores Universais, Humanismo e Justiça, na categoria “Artes, Património e outros domínios Culturais”, com a candidatura da Casa da História Judaica.

A distinção foi entregue à vereadora da Câmara Municipal de Elvas, Paula Calado, na cerimónia de entrega das distinções aos vencedores, no Palácio Galveias, em Lisboa, que contou com a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública e da Comissária do Programa Nunca Esquecer.

A iniciativa foi promovida pela Direção-Geral das Autarquias Locais, no âmbito do Programa Nunca Esquecer – Programa Nacional em Torno da Memória do Holocausto.

Criado em janeiro de 2021, o Prémio Aristides de Sousa Mendes é organizado anualmente, e pretende distinguir as autarquias que, por sua iniciativa ou em articulação com a sociedade civil, promovam práticas, programas ou projetos de elevado mérito e interesse público, em cinco categorias: «Coesão Social e Comunitária»; «Artes, Património e outros domínios Culturais»; «Modelar o Futuro sobre memórias e experiências vivas»; «Diferenciação, inovação, criatividade»; e «Fazer Acontecer».