The Black Mamba vencem Festival da Canção e levam “Love is on my Side” a Roterdão

Foto: RTP

Os The Black Mamba são os grandes vencedores da 55ª edição do Festival da Canção, com o tema “Love is on my Side”: música que irá representar Portugal no Festival da Eurovisão, em maio, em Roterdão, nos Países Baixos.

A banda, liderada por Tatanka, acaba por, tal como Elisa, que no ano passado ganhou o Festival da Canção – que teve a sua final, transmitida a partir do coliseu de Elvas – vencer o certame musical, sendo segundo, tanto no televoto, como na votação do júri.

Com a segunda melhor votação do público, a banda ficou empatada com Carolina Deslandes, que defendeu o tema “Por um Triz”, de sua autoria. Como em caso de desempate prevalece a votação do público, os The Black Mamba, que receberam mais votos que a cantora pelo televoto, sagraram-se os vencedores desta edição do festival.

Carolina Deslandes venceu a votação do júri nacional (e foi terceira no televoto), enquanto, para o público, seria NEEV, com o tema “Dancing in the Stars”, o representante de Portugal, este ano, na Eurovisão. NEEV, contudo, obteve apenas cinco votos por parte do júri.

Feitas as contas aos votos do júri e do público, The Black Mamba foram primeiros, com os mesmos pontos da segunda classificada: Carolina Deslandes. NEEV foi terceiro; Sara Afonso, com “Contramão”, foi quarta; e Valéria, que apresentou “Na Mais Profunda Saudade”, ficou na quinta posição.

A “Saudade” de Karetus e Romeu Bairos foi sexta classificada, seguida de “Joana do Mar”, de Joana Alegre. “Volte-Face” de Eu.Clides ficou na oitava posição, “Não Vou Ficar” de Pedro Gonçalves na nona e “Dia Lindo”, de Fábia Maia, na décima e última.

De recordar que, no ano passado, devido à pandemia, “Medo de Sentir”, a música interpretada por Elisa e composta por Marta Carvalho, grande vencedora do Festival da Canção 2020, não teve oportunidade de representar o país na Eurovisão, uma vez que o festival não se realizou.

Já este ano, o festival vai mesmo acontecer, ainda que os concorrentes, que representam os 41 países a concurso, vão gravar as atuações nos seus países.

As semifinais daquela que é já a 65.ª edição do festival Eurovisão da Canção estão marcadas para os dias 18 e 20 de maio. A final acontece no dia 22 do mesmo mês.