No fim perdem sempre os raianos…

Fronteira só abre depois da Páscoa. Costa “quer evitar as tradicionais grandes deslocações da Semana Santa”. Num ano normal seria assim, agora durante a pandemia dificilmente teríamos grande viagens de espanhóis. No fim, perdem sempre os raianos…

António Ferreira Góis

Diretor da Rádio ELVAS