Agrária de Elvas com dez novos alunos na segunda fase de acesso ao ensino superior

Dez novos alunos foram colocados na Escola Superior Agrária de Elvas nesta segunda fase de acesso ao Ensino Superior, sendo três do curso de Agronomia e sete em Equinicultura, uma vez que a licenciatura em Enfermagem Veterinária esgotou na primeira fase.

No curso de Equinicultura ficaram dez vagas por preencher e em Agronomia 34.

No Instituto Politécnico de Portalegre apenas o curso de Tecnologias de Produção de Biocombustíveis ficou sem estudantes uma vez que as 25 vagas disponíveis ficaram todas por preencher.

Nesta segunda fase de acesso ao ensino superior, entraram 118 alunos no Instituto Politécnico de Portalegre, sendo que o curso que mais alunos atraiu, nesta segunda fase, foi o curso de Turismo com 17 novos alunos.

Mais de nove mil estudantes conseguiram colocação na segunda fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, mas a maioria ficou de fora, segundo os resultados publicados esta sexta-feira.

A maioria das vagas não ocupadas são de cursos em institutos politécnicos, como Bragança, Guarda, ou Castelo Branco, que têm também 40 das 53 licenciaturas que não foram opção para nenhum estudante na segunda fase.