Comissão Europeia apela a poupar gás e DECO deixa algumas dicas

A Comissão Europeia propôs uma meta para a redução voluntária de 15% no consumo de gás natural nos Estados-Membros, até à primavera de 2023. Esta é uma resposta ao aumento dos receios de um corte no abastecimento de gás natural proveniente da Rússia.

“Reduzir o consumo de gás permite não só poupar na fatura mensal como também reduzir o impacto ambiental deste consumo”, de acordo com Neide Brás (na foto), jurista na delegação do Alentejo da DECO.

“Preparar os alimentos antes de aquecer o fogão, escolher o bico do fogão adequado ao tamanho da panela e tapar a panela permite também poupar gás. Por outro lado, temos que adequar a quantidade de água aos alimentos que queremos cozer para que o processo não leve mais tempo”, sublinhou a jurista.

Baixar o consumo de gás natural está ao alcance dos consumidores e é o tema da edição desta semana da rubrica da DECO, com a jurista Neide Brás.