Aviso Covid: 99 casos em 14 dias elevam incidência para 475 casos p/ 100 mil

O concelho de Elvas registou em dois dias 40 casos, numa série com um total de 99 casos em 14 dias, representando uma taxa de incidência de 475 casos por 100 mil habitantes. Esta taxa coloca-nos num nível de risco elevado (entre 240 e 480), muito perto já de entrar para o nível superior de risco muito elevado (480 e 960 casos por 100 mil habitantes).

Desde o principio do ano de 2021 que não havia tantos novos casos em Elvas, tendo-se hoje ultrapassado a barreira dos 1.900 casos no concelho desde o início da pandemia, mais de 9% dos residentes já contraíram a doença. Na semana passada, voltou mesmo a registar-se mais um óbito.

Há alguns surtos ativos, incluindo o Hospital de Santa Luzia e muitas pessoas em confinamento.

Com uma alta taxa de vacinação, a ULSNA tem procurado vacinar a um bom ritmo, os grupos de risco e os mais idosos, mas a dúvida é a variante Omicron já que estamos numa fase crítica novamente. A previsão feita pelo matemático da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Óscar Felgueiras aponta “para a duplicação para 20% a 30% no próximo fim de semana. O pior momento para acontecer. Vai tornar-se dominante no Natal, com muitos convívios, e vai aumentar muito, muito”.  Ao Expresso, Óscar Felgueiras, afirmou: “Vamos ter uma transmissão brutal e o recorde de novos casos deverá ser batido por esta variante.” No Reino Unido, país mais afetado logo depois da África do Sul, há já um pico inédito. Na quarta-feira foram confirmadas 78.600 novas infeções, cifra nunca vista.

Em resumo, podemos estar sob a forte ameaça de ter um terceiro confinamento/medidas restritivas em Janeiro. Oxalá não seja assim. Mas, uma coisa é certa, no Natal e no Ano Novo é para ter muito cuidado.

António Ferreira Góis

Diretor da Rádio ELVAS