Ponte do feriado da Constituição anima turismo na Estremadura

O setor turístico, na Estremadura espanhola, fechou uma das suas melhores pontes, com números superiores aos níveis pré-pandemia, nos principais destinos da região; no entanto, este setor espera que esta mobilidade não traga, agora, mais restrições.

As melhores perspetivas foram cumpridas e o setor turístico celebra os bons números que deixam a Extremadura, na ponte do feriado da Constituição “a transbordar”, segundo ressalvam.

No entanto, ao mesmo tempo, o setor não esconde o receio de que a mobilidade de pessoas, nos últimos cinco dias se traduza, nas próximas semanas, num aumento de contágios, e que isso traga novas restrições. O turismo rural fechou esta ponte com níveis de ocupação geral acima de 85%, que se elevaram até 100% no caso dos estabelecimentos do norte da região.

Para além do turismo rural, em locais como Cáceres ou Mérida, não tem sido fácil hoje em dia deslocar-se ou arranjar mesa num restaurante em zonas turísticas, com filas para entrar em alguns dos seus principais monumentos ou museus. Só entre sexta e segunda-feira, o Museu de Cáceres já recebeu mais de 3 mil visitantes, segundo números que o próprio museu tem divulgado nas suas redes sociais.

Os melhores dados foram registados de domingo a segunda-feira, altura em que os hotéis atingiram os 100%, enquanto na terça-feira a ocupação já caiu para 50%, neste caso, com as primeiras saídas de clientes, de regresso aos seus locais de origem.