Fluviário de Mora tem nova exposição de espécies exóticas

O Fluviário de Mora é um aquário dedicado aos ecossistemas de água doce, situado no Parque Ecológico do Gameiro. Luísa Sousa, bióloga do Fluviário de Mora e coordenadora da área da biologia explica que este é “um aquário público dedicado aos ecossistemas de água doce” que foi inaugurado em 2007, permite a todos os que o visitam, conhecer algumas das diversas espécies, desde “peixes, répteis, mamíferos e anfíbios” que habitam os nossos rios, não só em Portugal, como também na Península Ibérica, e mais recente, espécies do rio Amazonas.

Luísa Sousa, explica que este novo aquário recentemente inaugurado, “veio dar continuidade, a uma exposição, o habitat dos exóticos, que são animais de outros rios do mundo”, contendo diversas espécies diferentes das que existem em Portugal, contando com 65 exemplares de 11 espécies diferentes.

A bióloga revela também a importância que conhecer outras espécies que não existem no nosso território, pode ter na prevenção dos ecossistemas “uma vez que estes estão ameaçados globalmente, nós damos a conhecer estes novos animais, de modo a que as pessoas tenham respeito pelas nossas espécies nativas”.

Luísa Sousa afirma que esta exposição, com espécies exóticas, será permanente, podendo ser vista durante o ano inteiro. A bióloga dá a conhecer que, estas espécies exóticas “são completamente diferentes, das nossas, sendo que, neste momento, os animais que temos são jovens, para mais facilmente se ambientarem ao novo habitat, às novas condições que têm e também alimentação”.

Estas espécies exóticas, confessa a coordenadora da área da biologia, no Fluviário de Mora, têm de ter alguns cuidados especiais, tal como explica a bióloga, “estamos a falar de um aquário de água doce mas com temperaturas altas” e quanto aos animais que compõem este aquário é necessário ter “alguns cuidados diferentes, como a alimentação, uns são mais noturnos”, sendo necessário ajustar-se ao comportamento destas espécies

Luísa Sousa deixa ainda o convite para todos os que queiram visitar este novo aquário e todas as outras exposições do fluviário, informando que as únicas restrições que se aplicam aos visitantes, são as que se encontrem em vigor, no momento.

O Fluviário de Mora encontra-se aberto todos os dias, contando com seis galerias expositivas onde é possível conhecer mais sobre a vida das espécies, de água doce, em Portugal, na Península Ibérica e também das regiões tropicais da América do Sul e de África.