Estremadura espanhola pede nível 1 e para pôr fim às restrições

A Estremadura espanhola está a um passo de chegar a uma nova normalidade, que permitirá conviver com a pandemia, sem restrições, mas mantendo a vigilância e as medidas básicas de proteção, como máscaras, distanciamento social, entre outros. Para chegar a este momento, falta primeiro baixar o nível de alerta do 2 atual, para o nível 1, sendo isto que acordou o Governo da Extremadura na manhã de ontem, quarta-feira, dia 23.

Segundo explicou vice-presidente da junta da Extremadura com pelouro da saúde e serviços sociais, José María Vergeles, numa conferência de imprensa, a comunidade pediu ao Tribunal Superior de Justiça da Extremadura a descida do nível de alerta, o que implica relaxar as restrições atuais.

Em concreto, se o Tribunal der parecer positivo, os convívios sociais passam de seis para dez pessoas, por mesa no exterior e seis por mesa no interior. Os locais de restauração, hotelaria, salas de jogo e lazer, continuam a encerrar as três da manhã, mas podem ter 50% da lotação no interior e 100% no exterior, em esplanadas. No entanto o consumo ao balcão continua proibido.

Para além disso, a capacidade nos estabelecimentos comerciais, mercados, centros de lazer infantis, locais de culto, teatros, cinemas, academias, celebrações, instalações desportivas, e congressos, bem como reuniões de negócios é agora de 75%.

A realização de eventos em massa, com mais de mil pessoas, necessita de autorização das autoridades de Saúde para a sua realização. Por último os hotéis e alojamentos, bem como outros estabelecimentos deste tipo podem ser ocupados até 20 pessoas.