Proibição do uso de plástico no “Espaço Europa”

No início deste mês, passou a ser proibida a utilização de plástico de uso único na restauração, como palhinhas ou talheres.

O decreto-lei que proíbe a venda de vários produtos de plástico de uso único, como cotonetes, palhinhas e pratos em toda a União Europeia entrou em vigor no dia 1 de julho.

Ana Pereira (na foto), do Europe Direct Alto Alentejo, recorda que “as espécies marinhas, como as tartarugas, as focas ou as aves, são bastante afetadas por este lixo marinho. Por outro lado, não nos podemos esquecer que o peixe em geral e os mariscos acabam na nossa cadeia alimentar o que faz com que o ser humano também seja atingido”.

A nova legislação, aprovada pelo Parlamento Europeu, tem como objetivo reduzir o consumo de produtos de plástico de utilização única na União Europeia até 2026, de modo a combater a poluição gerada por este material.