CURPI de Campo Maior faz artigos para Liga Contra o Cancro

A CURPI de Campo Maior, confecionou sacos para drenos e almofadas “do coração”, para os utentes do Grupo de Apoio de Portalegre da Liga Portuguesa Contra o Cancro,

Tendo em conta o encerramento da academia sénior, foi criado, na instituição, um pequeno grupo de quatro pessoas, numa aula de trabalhos manuais. Anselmina Caldeirão, da direção da instituição explica que “foi pensado em fazer algo que ajudasse alguma associação, tendo surgido logo na ideia ajudar a Liga Portuguesa contra o cancro”.

Depois foram contactados por Cristina Estrela, do Núcleo de Portalegre, que informou que seriam necessários sacos para drenos, próteses provisórias e almofadas “do coração”, sendo estas peças “muito procuradas na Liga pelos utentes, depois de fazer as cirurgias”, revela Anselmina.

Foram cerca de 20 sacos para drenos e 20 almofadas “do coração”, confecionadas pela CURPI. Anselmina Caldeirão adianta que a instituição está sempre disposta a ajudar a comunidade e outras instituições, no que for preciso. “Esta casa”, explica Anselmina Caldeirão, referindo-se à CURPI, “apesar de ser um centro de convício, para dar resposta aos idosos, temos também de ter respostas prontas, para ajudar nestas situações, que nos vão surgindo e estamos de portas abertas para ajudar no que for necessário”.

Sobre a continuidade do projeto, Anselmina Caldeirão, refere que sempre que for necessário e forem procurados, a instituição estará “pronta a ajudar, até porque algumas pessoas, da comunidade, foram já doando alguns tecidos”.

A CURPI de Campo Maior, que confecionou sacos para drenos e almofadas “do coração”, para os utentes do Grupo de Apoio de Portalegre da Liga Portuguesa Contra o Cancro.