Amazon começa a instalar-se na Plataforma Logística de Badajoz

Começaram as obras de instalação do grande centro logístico da Amazon, gigante das vendas on-line na Plataforma Logística do Sudoeste Ibérico de Badajoz , num terreno de quase 20 hectares (são 195 mil metros quadrados), mesmo ao lado do terminal ferroviário.

 

As obras iniciaram-se na passada segunda-feira, tendo a licença de construção sido dada pelo então presidente da Câmara de Badajoz Francisco Fragoso e envolve nesta fase inicial maquinaria pesada para terraplanagem e preparação dos terrenos. A Junta autonómica da Estremadura empenhou-se no negócio e no passado dia 6 de julho, o presidente Guillermo Fernández Vara, reuniu-se com  Fred Pattje , director de Amazon Customer Fulfillment para Espanha, França e Itália, em Mérida, ficando a conhecer o alcance e impacto de este centro na economia regional. As contrapartidas regionais não são conhecidas e o acordo exige grande confidencialidade.

O centro logístico que a Amazon vai construir em Badajoz será um armazém para a distribuição de grandes embalagens, de onde serão distribuídas para todos os pontos do território peninsular, incluindo Portugal.

Este novo centro logístico, estrategicamente localizado a poucos quilómetros da fronteira portuguesa, prevê a criação de 900 postos de trabalho. A Amazon instalou-se em Espanha em 2011, e está presente em vários locais do país vizinho junto principalmente das cidades de Madrid e Barcelona, mas tendo um total de 14 postos de distribuição.

Para Elvas há 900 oportunidades de trabalho aqui ao lado a 10 minutos, há 900 pessoas que necessitam de residir, alimentar-se e fazer a sua vida. Sendo de Elvas ou Badajoz ou vindo para cá residir. Sobretudo porque também haverá necessidade de pessoal qualificado, aquilo em que investimos nos últimos 40 anos e foi a “sangria” do concelho, formar jovens nas universidades que ficaram nos grandes centros, e que agora podem regressar.

António Ferreira Góis

Diretor da Rádio ELVAS