Suspensão de visitas é “uma medida preventiva”

Com o intuito de evitar futuros casos de infeção junto de funcionários e utentes da Santa Casa da Misericórdia de Elvas, no Lar Silva Martins em Vale de Marmelos, a Mesa Administrativa da instituição decidiu suspender as visitas.

Carlos Pernas (na foto), vice-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Elvas, refere que “estas medidas preventivas fazem sentido. Nós vamos confinando e desconfinando, de acordo com a evolução da pandemia, e consideramos que vale mais prevenir que remediar. Sabemos que é uma decisão aborrecida, para os utentes e para as famílias, mas o objetivo principal é sempre a proteção da saúde dos nossos utentes”.

De acordo com o responsável, “quando a pandemia e o número de casos voltarem a estabilizar em parâmetros aceitáveis voltamos a abrir, seguindo todas as normas de segurança, como medição de temperatura, uso de máscaras e distância de segurança”.

O responsável garante que o sistema de vídeo chamadas vai manter-se, no sentido de “mitigar a tristeza e solidão das pessoas”.

A medida entrou em vigor na passada quarta-feira, dia 7.