Igreja dos Terceiros em Elvas precisa de obras

À Redação da Rádio ELVAS chegou uma reclamação sobre o estado interior da Igreja dos Terceiros, em Elvas. Alegadamente, existiria alguma falta de limpeza e manutenção por parte dos responsáveis.

Benvinda Crisóstomo (na foto), responsável pela Ordem Franciscana Secular, explica que “não há sujidade no interior da igreja. O problema da igreja existe desde sempre e é a queda constante da salitre. Quem lá entrar não vê sujidade, não vê pó no altar, as toalhas estão limpas e passadas a ferro. O problema que exige é muito difícil de resolver. Nós temos uma pessoa que vai fazer limpeza no período da manhã. À tarde, quem lá for já vê o salitre”.

A responsável pelo Conselho da Ordem refere que a igreja precisa “de uma intervenção que a Ordem não consegue pagar. Não se trata só de paredes. É necessário colocar andaimes e teria de levar uma intervenção mais profunda. O Conselho poderia dirigir-se à Câmara e pedir um apoio financeira e também de pessoal, mas a igreja é da Ordem”.

Benvinda Crisóstomo considera que a pessoa que lá está podia ter alguma “boa vontade e explicar aos turistas que mesmo que se limpe o salitre está constantemente a sair. O Conselho que está à frente da Ordem Franciscana Secular cuida da igreja, o melhor que pode e com toda a dedicação”.

Igreja dos Terceiros, em Elvas, precisa de uma intervenção para evitar que a salitre que cai das paredes deixe o espaço sujo.

Ordem Franciscana Secular, entidade responsável pelo monumento religioso, garante não ter verbas para as obras.