Estátua de Bastinhas “é uma homenagem dos elvenses”

A construção da estátua de Joaquim Bastinhas, à porta do coliseu de Elvas, é, para o seu filho, Marcos Bastinhas, “uma homenagem que todos os elvenses prestam a um grande homem”.

O cavaleiro elvense enaltece a importância que o seu pai sempre deu à cidade: “é uma homenagem merecida, uma vez que foi uma pessoa que deu sempre muito pela cidade e que levou Elvas a todo o mundo. Ele (Joaquim Bastinhas) toureou nos quatro cantos do mundo, na Venezuela, Atenas, Macau, Estados Unidos, e fazia sempre questão de dizer que era o cavaleiro de Elvas”.

“Espero que consigamos ter uma homenagem do tamanho do grande homem que foi Joaquim Bastinhas”, sublinhou o também cavaleiro.

A proposta para a construção da estátua de Joaquim Bastinhas foi já aprovada em reuniões de Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Elvas, em ambos os casos por unanimidade.