ICNF investe mais de 2 M€ na Serra de São Mamede

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), através da Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo, está a desenvolver três projetos no Parque Natural da Serra de São Mamede que ascendem a 2,2 milhões de euros.

Olga Martins, diretora regional do Alentejo, explica que um dos projetos incide “na valorização de habitats naturais e florestais e tem uma duração de três anos. É financiado pelo PO SEUR e conta já com a contratação dos cinco elementos do corpo nacional de agentes florestais”.

Até ao final de 2022 está a decorrer o projeto de “instalação e beneficiação da Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível. Esta rede é definida à escala distrital e inclui mais municípios. A maior parte dos municípios é no Parque Natural da Serra de São Mamede mas inclui também Nisa e Gavião”, sublinhou a diretora regional.

Olga Martins refere ainda que “o Fundo Ambiental está a financiar um projeto de promoção de silvicultura em Mosaicos de Parcelas de Gestão de Combustível. Este projeto deverá começar este mês e decorre até ao final do ano”.

Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas investe 2,2 milhões de euros, até 2023, em três projetos a desenvolver no Parque Natural da Serra de São Mamede (PNSSM), no Alto Alentejo.