Juntas em Campo Maior ajudam instituições de cariz social

O Programa de Apoio Social (PAS) existe há já três anos e resulta de uma cooperação entre as três juntas de freguesia do concelho de Campo Maior, com o objetivo de atribuir bens a instituições de cariz social.

João Rosinha, presidente da Junta de Freguesia da Expectação, explica que “este programa se manteve em funcionamento, apesar da pandemia, e este ano incrementou os valores, em mais 50% dos valores que eram dados as instituições de cariz social do concelho de Campo Maior”. O presidente da Junta da Expectação explica ainda que os bens são adquiridos no comércio local, e são entregues a diversas instituições do concelho.

Já a Junta de Freguesia de Degolados apoia mensalmente o Lar e Centro de Dia desta localidade, com géneros alimentares e tudo o que necessitem, “não só pela instituição em si, mas também as pessoas que estão na mesma, uma vez que merecem consideração e dedicação”, adianta Florival Cirilo, presidente da Junta. “Todo o apoio que é solicitado nós tentamos ajudar e colaborar, em todos os processos e tarefas, dentro daquilo que possamos”, remata Florival.

No caso da Junta de Freguesia de São João Baptista, como explica o presidente Miguel Tavares, são sete as instituições que são ajudadas com bens essenciais, “que vão de encontro às suas necessidades”. Este ano a verba “foi duplicada, uma vez que tendo em conta a pandemia, as verbas destinadas a eventos que não se realizaram, foram destinadas para apoiar estas instituições”, o que para Miguel Tavares, “fez sentido, tendo em conta todas as dificuldades que a pandemia nos trouxe”.

Programa de Apoio Social, das juntas de freguesia de Campo Maior, ajuda as instituições de cariz social, no concelho.