Pulseira eletrónica para homem em Arraiolos por violência doméstica

Um homem de 58 anos, foi detido ontem, dia 23, no concelho de Arraiolos, por violência doméstica. Depois de presente ao Tribunal Judicial de Montemor-o-Novo, foi-lhe aplicada a medida de coação de proibição de contactar ou de se aproximar da vítima, controlado por pulseira eletrónica.

A detenção foi feita pelo Comando Territorial de Évora da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no decorrer de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia reiteradamente violência psicológica sobre a vítima, sua ex-companheira de 54 anos, perseguindo-a e proferindo-lhe ameaças de morte e ofensas verbais.

Perante o escalar de comportamentos violentos e perseguições constantes à vítima, causando-lhe medo e insegurança, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.