Papel da DECO em situações de incumprimento

A pandemia Covid-19 veio agravar ainda mais as dificuldades das famílias em cumprir com o pagamento das suas despesas. Desemprego ou diminuição de rendimentos são situações que podem deixar os consumidores em situação de incumprimento no pagamento de créditos.

O Governo lançou, no início da pandemia, um conjunto de apoios que pretende suavizar um pouco o impacto económico que as famílias podem sentir.

Nesse sentido, a DECO tem desenvolvido “um trabalho junto dos consumidores com o objetivo de os ajudar a resolver os problemas de incumprimento e a candidatarem-se aos apoios existentes. Além das moratórias relacionadas com crédito habitação, foi também salvaguardado o fornecimento dos serviços público essenciais, como água ou luz”, como nos referiu Helena Guerra (na foto), do Gabinete de Projetos e Inivação da DECO.

Os consumidores que não se enquadrem nas condições das moratórias podem sempre recorrer a outros apoios que evitem a via judicial como “o plano de ação para o risco de incumprimento que propõe ao devedor um plano de pagamentos adequado à situação em que se encontra”.

O papel da DECO bem como o apoio aos consumidores por parte do Governo estão em destaque na edição deste semana da rubrica da DECO, na Rádio ELVAS.