PSP de Portalegre detém 10 pessoas em sete dias

No período compreendido entre 8 e 15 de março, o Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública (PSP), realizou uma ação de fiscalização no âmbito da lei das armas e explosivos e uma ação de fiscalização no âmbito da atividade dos estabelecimentos comerciais ligados à indústria automóvel.

A força de segurança efetuou 15 operações de fiscalização das normas previstas no Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, que regulamenta a aplicação do estado de emergência decretado pelo Presidente da República, das quais resultou a elaboração de um auto de notícia por contraordenação.

Foram controlados 1217 veículos e efetuados 37 autos de notícia por contraordenação rodoviária: 16 por falta de inspeção periódica obrigatória, três por falta de cinto de segurança durante o exercício da condução, cinco por utilização do telemóvel durante a condução e 13 por condução em excesso de velocidade.

No mesmo período foram ainda detidos nove homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 15 e os 58 anos: um por condução de veículo automóvel sem habilitação legal para o efeito; um por tráfico de estupefaciente; dois por condução de veículo automóvel sob o efeito do álcool (TAS 1,54 e 1,77g/l); dois por posse de arma proibida e três homens e uma mulher por mandado de detenção e condução emitido por autoridade judiciária.

Registaram-se dois acidentes de viação, apenas com danos materiais nas viaturas intervenientes.