Número de atletas no RCM baixou para metade

O número de atletas inscritos no Rugby Clube de Montemor-o-Novo (RCM) baixou praticamente para metade, passando de 120 para 60 atletas, na área da formação.

“A ausência de jogos e competições há praticamente duas épocas tem sido muito complicada”, de acordo com Paulo Xavier, presidente do clube, que garante ainda que “os treinadores têm-se esforçado muito mas esta situação não motiva ninguém”.

Paulo Xavier aponta para uma quebra de cerca de 50 por cento no número de atletas inscritos: “dos 60 inscritos nem sempre estão todos presentes. Infelizmente têm havido casos nas escolas e os atletas nem sempre podem treinar. Neste momento a maior preocupação é conseguir ter novamente o número de atletas que tínhamos anteriormente”.

O presidente do clube garante que, “de acordo com estudos científicos, a prática do rugby não é um foco de transmissão de Covid-19 o que deixa o clube mais tranquilo. O importante agora é que também famílias e atletas se sintam seguros na prática da modalidade”.

A nível de seniores, a época tem sido muito irregular. No entanto, o Rugby Clube de Montemor tem apostado “na realização de trabalho físico”, de acordo com Paulo Xavier.

Os principais clubes de râguebi do Alentejo perderam quase metade dos jovens dos escalões de formação devido à pandemia de covid-19. Os treinos e exercícios através do computador não são suficientes para manter a motivação nos escalões de formação.