MAI confirma fecho de fronteiras até 16 de março

O Ministério da Administração Interna, em comunicado, informa que depois de conversações “com os autarcas dos municípios raianos e da articulação permanente entre os governos de Portugal e de Espanha, o controlo de pessoas nas fronteiras terrestres e fluviais vai manter-se até ao dia 16 de março, tendo sido decidido acrescentar mais dois Pontos de Passagem Autorizados (PPA): Ponte da Barca e Vinhais, que funcionarão nos dias úteis entre as 6 e as 9 horas e as 17 e as 20 horas”. Neste horário são também PPA, Monção, Melgaço e Montalegre.

Assim, a partir meia-noite de dia 2 de março, “mantém-se limitada a circulação entre Portugal e Espanha, e somente nos PPA, ao transporte internacional de mercadorias, de trabalhadores transfronteiriços e de caráter sazonal devidamente documentados, e de veículos de emergência e socorro e serviço de urgência”.

Continua também suspensa a circulação ferroviária transfronteiriça, exceto para transporte de mercadorias, bem como o transporte fluvial entre Portugal e Espanha.

Estas limitações não impedem a entrada em Portugal de cidadãos nacionais e de titulares de autorização de residência em Portugal, bem como a saída de cidadãos residentes noutros países.

De recordar que, a nível nacional, são sete os PPA permanentes, 24 horas por dia e sete dias por semana: Valença; Vila Verde da Raia; Quintanilha; Vilar Formoso; Caia; Vila Verde de Ficalho; Castro Marim

Na Fronteira de Marvão o Ponto de Passagem autorizado funciona entre as 6 e as 20 horas.

Existem quatro PPA nos dias úteis das 7 às 09 horas e das 17 às 19 horas, são eles: Miranda do Douro, Termas de Monfortinho, Mourão e Barrancos. E, um PPA às quartas-feiras e aos sábados das 10 Às 12 horas, em Rio de Onor.