Vacinação para forças de segurança e utentes de lares com alergias

Prossegue esta semana, no distrito de Portalegre, a vacinação das forças de segurança, a quem se juntam alguns utentes dos lares, que, devido a sofrerem de diversas alergias, ainda não receberam a vacina contra a Covid-19.

Vera Escoto, diretora clínica da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), revela que forças de segurança, como os bombeiros de Fronteira, já receberam as duas doses da vacina, assim como os utentes e funcionários dos lares do distrito.  “Todas as ERPI’s já fizeram a primeira e a segunda inoculação”, assegura.

A vacinação das forças de segurança prossegue esta semana, com o objetivo de vacinar, “no menor tempo possível, o maior número de pessoas, com a maior segurança”. “Estamos neste momento, a organizar todos esses profissionais, para aproveitar os postos de vacinação” que estão disponíveis nos vários concelhos do distrito, diz ainda Vera Escoto.

Quanto aos utentes dos lares, que por sofrerem de alergias, ainda não foram vacinadas, vão sê-lo, ainda esta semana, nos hospitais de Elvas e Portalegre. Ao todo, são vacinadas 78 pessoas, que serão “distribuídas por estas duas unidades hospitalares”. “Estas pessoas tinham alergias e tinham de ser vacinadas em contexto hospitalar, pelo que estavam a aguardar. Esta situação fica sanada”, remata.