Portugal tem 156 mortes e 10.556 infetados (dois novos máximos)

Portugal regista, esta quarta-feira, dia 13, dois novos recordes de mortes e de infetados por Covid-19: são 156 (+1,9%) óbitos e 10.556 (+2,1%) novos casos, nas últimas 24 horas. Os números são da Direção-Geral da saúde (DGS).

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) é a região que lidera o número de mortes e de novos casos. Os 156 óbitos são de 67 pessoas que residiam em LVT, 36 no Norte, 36 no Centro, 11 no Alentejo e seis no Algarve. Entre os novos infetados, 3793 (36%) foram reportados em LVT e 3628 (34%) no Norte; o Centro, com 2136 novos casos, hoje representa 20% do total nacional.

O número de casos ativos, nesta quarta-feira, é de 116.328, mais 5940 que ontem. Há, ainda, a registar mais 4460 pessoas que, de ontem para hoje, foram dadas como recuperadas da doença, num total de 382.544 recuperações.

Novo máximo de doentes internados: estão, agora, internadas 4240 pessoas (mais 197 que ontem), das quais 596 (menos três em 24 horas) estão em Unidades de Cuidados Intensivos. Desde o início da pandemia, Portugal já registou 8236 mortes, 507.108 casos de infeção.

Nos últimos oito dias, em Portugal, os números diários de novos casos de pessoas infetadas foram os seguintes: 10.027 casos na quarta-feira 6 de janeiro; 9927 casos na quinta 7 de janeiro; 10.176 casos na sexta-feira 8 de janeiro; 9478 casos no sábado 9 de janeiro; 7502 casos no domingo 10 de janeiro; 5604 casos na segunda-feira 11 de janeiro; 7259 casos na terça 12 de janeiro; e 10.556 casos na quarta-feira 13 de janeiro.

Na defesa da sua saúde e da saúde dos outros, no cumprimento das normas da DGS, aconselhamos: lave ou desinfete as mãos com frequência, mantenha uma distância mínima de dois metros com outras pessoas e use máscara fora de casa.