Gabinete de Crise de Campo Maior avalia pandemia no concelho

A Comissão Municipal de Proteção Civil e o Gabinete de Crise do Concelho de Campo Maior, criado no âmbito da pandemia da Covid-19, reuniram ontem, dia 5, no Centro Cultural, para analisar o estado atual da situação pandémica no concelho, que contabilizava à data de ontem, dia 5, um total de 42 casos positivos.

“Em função do aumento de casos positivos que se verificaram nos últimos dias, certamente relacionados com o aligeirar das restrições no período do Natal que podem ter levado, ainda que de forma inconsciente, a alguns comportamentos menos responsáveis”, estas entidades “manifestam preocupação”.

Neste contexto, o Município campomaiorense informa que as linhas de contágio estão identificadas e o isolamento profilático está a ser cumprido; 24 dos casos positivos registados estão, direta ou indiretamente, relacionados entre si; do total atual de casos positivos, 8 são importados; e há ainda seis pessoas internadas.

Continuam também a ser testados os contactos diretos dos casos mais recentes para despiste, sendo expectável que nos próximos dias possam surgir novos positivos;

Apesar da subida do número de casos positivos no concelho e após contacto com a Autoridade Local de Saúde, “parece não haver indícios de contágio na comunidade”, mas é necessário continuar a cumprir, hoje mais do que nunca, todas as regras e recomendações da DGS.

Os elementos que integram a Comissão Municipal de Proteção Civil e o Gabinete de Crise estão a trabalhar em estreita colaboração no acompanhamento desta situação.

O Município de Campo Maior tem, à data, três trabalhadores que colaboram diretamente com a Autoridade Local de Saúde, de forma a agilizar todos os contactos necessários.