Balanço da operação Festas Seguras 2020-2021 da PSP

Foto arquivo

A Polícia de Segurança Pública (PSP) realizou, entre o dia 15 de dezembro e 4 de janeiro, a operação “Polícia Sempre Presente: Festas Seguras 2020-2021”, sob o lema “Celebre connosco em segurança”.

Este ano, tendo em conta o atual contexto pandémico, a PSP não desempenhou a habitual missão de acompanhar e zelar pela segurança das festividades próprias desta época.

Com esse fim, procedeu-se ao reforço das operações de fiscalização rodoviária por todo o país, bem como ao aumento da visibilidade policial nos locais onde habitualmente decorrem festas de passagem de ano contribuindo para, entre outros, garantir o cumprimento do recolher obrigatório e evitar aglomerados de pessoas na via pública.

Na vertente da segurança rodoviária, das mais de 52 000 viaturas fiscalizadas, detetaram-se cerca de 4000 infrações, das quais se destacam 624 por falta de inspeção periódica obrigatória, 224 por condução com uso simultâneo do telemóvel, 156 por falta de seguro obrigatório e 80 por incumprimento da sinalização semafórica.

Registaram-se 2286 acidentes rodoviários, dos quais resultaram uma morte, 28 feridos graves e 623 feridos ligeiros. Estes resultados representam quebras muito importantes em comparação com o ano anterior mas, ainda assim, que continuarão a merecer a atenção da PSP no sentido de potenciar a continuação da tendência decrescente.

Neste período a PSP efetivou 605 detenções, sendo de destacar 147 por condução sob o efeito do álcool, 158 por falta de habilitação legal para conduzir e 33 por tráfico de estupefaciente, 34 por furto e roubo e 16 por posse de arma ilegal. Apreendemos 53 armas, das quais 20 são de fogo.

Ainda neste período, a PSP recebeu 38 pedidos presenciais de vigilâncias a residências, constatando com agrado que nenhuma dessas habitações foi alvo de furto no seu interior.

No que concerne às regras de saúde pública em vigor sublinhamos o elevado grau de cumprimento constatado, especialmente, na passagem do ano.

Neste contexto legislativo destacamos o encerramento de 15 estabelecimentos e o levantamento de 47 autos por incumprimento de horário e 31 por realização de eventos ou celebrações na via pública.