Gostava que os grupos de risco fossem vacinados, diz Gonçalo Lagem

A campanha de vacinação anticovid arrancou esta segunda-feira, dia 4, em 26 concelhos que apresentam risco de contágio extremamente elevado, oito dos quais na região Alentejo.

O concelho de Monforte, tal como o de Mora, faz também parte dessa lista.

Apesar de ainda não haver dia certo para o início da vacinação, Gonçalo Lagem (na foto), presidente da Câmara Municipal de Monforte, mostra-se “feliz pela vacina mas preocupado pela situação no concelho. Estamos em situação de risco extremamente elevado, o que nos preocupa a todos. Temos apenas 12 casos ativos, algumas recuperações previstas para os próximos dias mas a verdade é que também podem surgir casos novos”.

“Ficaria muito mais contente se a vacina chegasse a todos os grupos de risco, não só no concelho de Monforte mas em todos os concelhos. Todas as pessoas precisam ser protegidas e espero que isso aconteça os mais rapidamente possível”, garantiu o autarca.

No concelho de Monforte há cinco instituições prioritárias na campanha de vacinação: quatro lares de idosos e o Centro de Recuperação de Menores do Assumar.

Marvão, Castelo de Vide, Mourão, Gavião, Mora, Monforte, Alter do Chão e Crato são os primeiros concelhos do Alentejo a receber a vacina anticovid, destinada numa segunda fase a utentes e funcionários de lares de idosos e unidades de cuidados continuados.