Mocinha espera sermos capazes de “virar a página” em 2021

Hoje, 31 de dezembro, é o último dia de 2020, altura em que muitos exprimem os seus desejos para o próximo ano. Desta feita, e tendo em conta a pandemia que assola o país e o mundo, a maioria dos desejos e votos é de esperança num ano melhor, neste sentido.

A Rádio ELVAS reuniu um conjunto de mensagens de algumas entidades e personalidades da região, que quiseram deixar os seus votos para 2021. Entre elas, o presidente da Câmara Municipal de Elvas.

Nuno Mocinha deseja um novo ano “com menos preocupações, ao nível da saúde”, num 2021 em que sejamos capazes de “virar a página” e ter um futuro bem melhor, comparativamente àquilo que foi o ano que agora chega ao fim.

O autarca espera um ano “mais alegre, mais sorridente e com mais sol”, lembrando que Elvas recebeu uma boa notícia quando na passada segunda-feira, dia 28 de dezembro, chegaram as primeiras vacinas contra a Covid-19. “É um sinal de esperança, mas também de  confiança, uma vez que as vacinas vão permitir que as pessoas confiem num futuro melhor”, assegura.

Mocinha deixa ainda uma palavra de reconhecimento aos profissionais de saúde, por todo o esforço efetuado, durante estes meses. “Só se consegue porque temos à volta todas as entidades que vão colaborando: a Câmara, Proteção Civil, a Cruz Vermelha, os bombeiros, a GNR, a PSP. Todos em conjunto é que conseguimos levar esta questão por diante, com a colaboração, claro, de todos os elvenses, a quem agradeço”, remata.