“D. Manuel Mendes vivia de forma extraordinária”, diz padre Ricardo Lameira

A Vice Postulação da Causa de Beatificação e Canonização de D. Manuel Mendes tem vindo a realizar um projeto que pretende espalhar e divulgar a sua causa e as suas ações. Para que a igreja reconheça alguém como santo, é necessário fazer esta preparação e reconhecer que a pessoa tem virtudes vividas acima daquilo que é normal.

O Postulador da Causa de Beatificação de D. Manuel Mendes, o padre Ricardo Lameira, explica que “a amabilidade, simpatia e respeito fazem parte de algumas das virtudes naturais. D. Manuel Mendes era bispo e foi padre, por isso, é preciso provar que ele vivia todas essas virtudes de uma forma extraordinária”.

O Postulador da Causa de Beatificação de D. Manuel Mendes “tem como missão espalhar por Portugal inteiro a fama de D. Manuel Mendes e a sua devoção. Para além das estampas com oração, a vice postulação levou a cabo seis livros. O primeiro, Vida e virtudes de D. Manuel Mendes, já saiu e é um livro pequeno, com algum texto e fotografias. O segundo, O Advento com D. Manuel Mendes e o terceiro é A Novena”.

No próximo ano, “dia 11 de Fevereiro, vai sair uma publicação ilustrada para crianças. Até junho, vai sair ainda a Via Sacra com D. Manuel Mendes. Depois, teremos também todo o terço, meditado, a partir dos seus escritos”.

Manuel Mendes da Conceição Santos, arcebispo de Évora entre 1920-1955, é, para a Igreja em Portugal, uma referência de cristão, de bispo e de pastor. De tal modo que, nos anos 70, por vontade de um grupo de cristãos leigos com o sacerdote, foi pedida a abertura do processo de beatificação.

O padre Ricardo Lameira assumiu as funções de Postulador da Causa de Beatificação de D. Manuel Mendes em Portugal.