Pedidos de apoio ao MTA de Elvas aumentaram na pandemia

O número de pedidos de apoio ao Movimento Tereseano Apostolado (MTA) de Elvas tem aumentado bastante durante os últimos meses de pandemia.

Há famílias a passar por muitas dificuldades e, de acordo com a irmã Maria de Fátima Magalhães (na foto), há também “muita pobreza envergonhada. Há pessoas que trabalham no hotel ou em restaurantes que ficaram sem ordenado e não conseguem ter apoio”.

“Pede-se essencialmente alimentos, medicação e apoio para pagar a água, luz e renda. Nós vamos, na medida do possível, tentando apoiar em parceria com outras instituições”, sublinhou a responsável.

Os pedidos surgem sobretudo de pessoas “com idades entre os 30 e os 50 anos, muitas delas com filhos pequenos. E essas são as nossas prioridades”.

Pandemia agrava situação financeira das famílias. Muitas delas encontram no MTA de Elvas o apoio para ter comida em casa e para pagar algumas contas essenciais.