Gonçalo Lagem: “estamos a fazer tudo o que está ao nosso alcance”

Gonçalo Lagem, presidente da Câmara de Monforte, esteve, esta segunda-feira, dia 14, em entrevista na Rádio ELVAS, para nos falar acerca da situação epidemiológica do concelho, que viu nos últimos dias, aumentar o número de casos Covid.

O presidente da Câmara de Monforte referiu que, neste momento há, “supostamente, dois focos identificados, em Santo Aleixo e também em Assumar, numa família, em que as crianças infetaram uma professora, que no seio familiar fez novas infeções, nomeadamente um professor”. Nesta cadeia de contágio “apareceram oito crianças infetadas em Santo Aleixo, bem como uma funcionária, num total de 32 casos com origem nesse foco. Também uma senhora idosa que se sentiu mal, e esteve internada sucessivamente, pode ter sido infetada num destes episódios, supostamente”.

Gonçalo Lagem diz que “esta é uma situação que nos preocupa e estamos a fazer de tudo o que está ao nosso alcance para tentar controlar e mitigar os efeitos, mas pode haver  sempre pontas soltas, temos que acautelar em diversos sentidos, e por muito competentes que sejamos há sempre pontas soltas, e temos por isso que fazer um trabalho juntos e unidos mais do que nunca”.

O presidente considera que deveria haver mais competências por parte de quem está mais próximo da população, e “se nos derem mais competências, algumas até estão consideradas na legislação e é uma forma de dar o salto e perceber que todos podemos ser úteis”. Gonçalo Lagem considera que “estamos a testar de forma lenta e quanto mais rápido testarmos mais facilmente conseguimos travar os focos de contágio”, exemplificando o que foi feito no caso do foco de infeção em Santo Aleixo.

A entrevista ao presidente da Câmara Municipal de Monforte, Gonçalo Lagem, conduzida pelo jornalista António Ferreira Góis, diretor da Rádio ELVAS.