O que fazer em situação de incumprimento é o tema da Deco

Na situação de crise pandémica em que nos encontramos são poucas as famílias que não estão a passar por dificuldades financeiras, situação essa que pode levar ao endividamento.

Na rubrica desta semana da Deco, na Rádio ELVAS, a jurista Vânia Traguedo afirma que “quem está em dificuldades financeiras e tem prestações de crédito em atraso deve contactar, de imediato, as entidades credoras, porque o pior que se pode fazer é deixar arrastar a situação”. Existindo prestações de crédito em atraso “este contacto deve ser prioritário, porque a dívida tende a aumentar, também deve evitar criar novos créditos quando tem outros em incumprimento”.

Para esta situação a Deco disponibiliza o seu Gabinete de Proteção financeira, onde disponibiliza aos consumidores mecanismos e ferramentas para planeamento do orçamento mensal e tem uma grande foco nas situações de incumprimento para renegociação de crédito para dar alguma capacidade de gestão”.