Bombeiros de Elvas retomam serviços após testes Covid negativos

Os serviços prestados pelos Bombeiros de Elvas têm-se resumido, nos últimos dias, apenas a situações de emergência, por indicação do comandante Distrital de Operações de Socorro (CODIS), depois de um elemento da corporação ter testado positivo e dos contactos diretos terem ficado em isolamento.

Muitos serviços, durante o fim de semana, sobretudo, com a corporação reduzida a 30 por cento do seu efetivo, não foram prestados à população, pelo que o presidente da direção da associação humanitária, Amadeu Martins, pede desculpa. “Muitos serviços tiveram de ser cancelados e não demos o apoio que seria expectável, a nível hospitalar, como evacuações, e por isso nós entendemos que devemos pedir desculpa, mas somos alheios a isso”, explica.

Amadeu Martins adianta que só depois dos elementos que estiveram em contacto com o bombeiro infetado terem testado negativo, e após cumprirem o seu período de isolamento, puderam retomar ao trabalho. “Só depois do senhor delegado de saúde nos ter dito que podíamos voltar a operar, com aquilo que tínhamos, ou seja, com todos aqueles que tinham testado negativo e que não estavam em isolamento, já podiam começar a trabalhar”, revela. “Começámos já, devagarinho, e estamos quase a cem por cento”, acrescenta.

À data de hoje, não há qualquer caso ativo de Covid-19, no seio da corporação, pelo que o bombeiro que testou positivo, deve regressar, ao que tudo indica, ao trabalho, na próxima segunda-feira, dia 23 de novembro.