Amazon quer centro de logística em Badajoz

A multinacional de vendas online Amazon está a preparar-se para abrir um centro de logística na vizinha cidade de Badajoz,  ocupando uma parcela de 200 mil metros quadrados, nos terrenos da plataforma logística junto à auto-estrada Lisboa-Madrid e à linha ferroviária localizada perto da fronteira do Caia.

Logo na fase inicial, este centro de logística poderá criar 1000 postos de trabalho diretos. O número poderá duplicar nos anos seguintes. A partir daqui, a Amazon pretende enviar as encomendas para toda a Europa.

Os efeitos não ficam por aqui: pela sua localização geográfica, as mercadorias que vão abastecer este centro de logística poderão ser provenientes dos portos de Sines e de Setúbal.

Em 2024, já deverá estar concluída a construção do troço ferroviário entre Évora e a fronteira de Caia, ao abrigo do plano de investimentos Ferrovia 2020. Na altura, também estará concluída a modernização do troço entre Sines e Grândola, que dará acesso à ligação transfronteiriça.