Ampliação dos Cuidados Continuados da Cruz Vermelha de Elvas a concurso público

O concurso público para a obra de ampliação e remodelação da Unidade de Cuidados Continuados do Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa foi lançado no passado dia 5.

A obra, com um preço base de 849 mil euros, teve uma candidatura aprovada ao abrigo do Alentejo 2020 e tem um prazo de execução de dez meses, explica a diretora do centro, Isabel Mascarenhas. “Esta obra prende-se com o alargamento do primeiro andar do edifício das unidades de cuidados continuados, com um amento de cerca de 400 metros quadrados de área coberta”, adianta.

A consignação da obra está prevista para o início do próximo ano, sendo que a mesma, explica ainda Isabel Mascarenhas, vem a sequência da atribuição da tipologia de convalescença à unidade de cuidados intensivos do centro, em 2018, e do consequente aumento do número de camas e vagas disponíveis.

“Surgiu a necessidade de criar mais espaço físico, mais quartos, aumentar a dimensão das salas, quer de convívio, quer de refeição. E desta necessidade, que decorre deste aumento da capacidade efetiva de resposta do centro humanitário, é que vem esta obra de ampliação, que foi sujeita a um concurso, e que foi aprovada, notícia que foi motivo de grande alegria, para todos nós”, revela ainda a diretora da instituição.

A área da unidade de cuidados continuados Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha será ampliada em 408 metros quadrados, sendo que serão levados a cabo, entre outros, trabalhos de demolição, escavação, de construção de estrutura em betão armado, execução de vãos interiores e exteriores e instalação de redes de abastecimento de água, esgoto e eletricidade.