4656 infetados e 40 mortos, dois máximos diários em Portugal

Portugal regista, esta sexta-feira, dia 30, dois novos recordes de infeções e mortes por Covid-19, ao notificar, nas últimas 24 horas, mais 4656 (+3,5%) casos de infeção e 40 (+1,6%) vítimas mortais, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). No nosso País, nesta doença, também nunca houve tantos internados nem tantos doentes em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Os 40 óbitos eram 19 doentes residentes no Norte, 15 em Lisboa e Vale do Tejo (LVT), três no Alentejo, três no Centro e dois no Algarve. Dos novos infetados, 90% provêm de duas regiões: 2831 (61%) foram notificados no Norte e 1357 (29%) em LVT. Ao todo, no país, já surgiram 137.272 casos confirmados e 2468 óbitos. Portugal, hoje, tem 57.355 casos ativos, mais 2869 que ontem.

Nas últimas 24 horas, 1747 doentes foram dados como recuperados da doença, num total de 77.449 recuperações. Por esta altura, no meio hospitalar, há a registar mais dois novos máximos: 1927 pessoas internadas, mais 93 que ontem, 275 em UCI, mais seis nas últimas 24 horas.

Na última semana, em Portugal, os números diários de pessoas infetadas foram os seguintes: 2899 na sexta-feira 23 de outubro; 3669 casos no sábado 24 de outubro; 2577 no domingo 25 de outubro; 2447 casos na segunda-feira 26 de outubro; 3299 na terça 27 de outubro; 3960 casos na quarta-feira 28 de outubro; 4224 na quinta 29 de outubro; e 4656 casos na sexta-feira 30 de outubro.

Na defesa da sua saúde e da saúde dos outros, no cumprimento das normas da DGS, aconselhamos: lave ou desinfete as mãos com frequência, mantenha uma distância mínima de dois metros com outras pessoas e use máscara fora de casa.