Sede da Banda 14 de Janeiro já está em obra

As obras na sede da Banda 14 de Janeiro, em Elvas, prometidas e anunciadas pelo presidente da Câmara Municipal, Nuno Mocinha, nas comemorações deste ano do feriado de 14 de Janeiro, já tiveram início.

O presidente da direção da Banda, Vicente Grenho, garante que é com muita felicidade que viu chegar este dia, sendo que já aguardava por este momento há cerca de dois, três anos. “Costumo dizer que tudo acontece a seu tempo e chegou o dia, com muita felicidade, e já começámos a fazer um prédio novo, uma casa nova”, revela Vicente Grenho. “Havia coisas que se tinham que processar antes, plantas, muitas burocracias que tinham de ser mesmo preparadas”, adianta.

Vicente Grenho explica ainda que a obra, ainda que a pedido da banda, foi preparada pela Câmara de Elvas. As intervenções, ao que tudo indica, deverão estar terminadas, segundo o presidente da direção, dentro de oito a 12 meses. “No prédio, sobretudo no segundo andar, havia algumas danificações e tinha de haver mesmo uma intervenção. Toda a fachada vai ficar intacta, com reparações, com pinturas. Vai ter uma cara nova, de todas as formas”, acrescenta Vicente.

No interior do edifício, Vicente revela que se vão seguir todos os traços originais. “A casa, em si, vai ficar praticamente a mesma, mas com muitas modificações: salas diferentes, áreas diferentes, um quintalão, para quem conhece aquilo, diferente. Quando a obra estiver terminada, de facto, é uma casa nova e vai valer a pena, de certeza absoluta, aquilo que está a ser feito”, remata.

Enquanto as obras estiverem a decorrer, os cerca de trinta músicos da banda vão continuar a ensaiar no Centro Artístico Elvense, o “Grémio”.