Barragem do Abrilongo com 48% da sua capacidade

A Barragem do Abrilongo, no concelho de Campo Maior, conta com um volume de água de 7,23 milhões de metros cúbicos, o que equivale a 48% da sua capacidade máxima.

António Pinheiro, da Associação de Beneficiários do Xévora, afirma que “a campanha de rega se iniciou de forma difícil, mas a associação tomou uma posição ao rever os estatutos e o regulamento interno, de forma a prevalecer uso eficiente de água e desperdícios mínimos, face às dificuldades hídricas que têm existido”.

Também em reuniões com o ministro do Ambiente conseguiu-se “o desbloqueio do dique no final do Xévora, em Salvador, o que permitiu controlar a água, desperdiçando menos, no fundo ir menos água para Espanha”. Esta tomada de posição da associação fez com que “este ano se tenha gasto apenas cerca de 37% da barragem; no ano passado, no final da campanha, a barragem estava a 11% da sua capacidade; no fundo, está agora a meio da sua capacidade, diz António Pinheiro.

António Pinheiro afirma ainda que “mesmo que não chovesse, haveria água para assegurar a campanha de rega, da mesma forma que foi feita este ano”. Quer haja mais ou menos água, tem de haver consciência de que nunca poderá haver extensões de culturas nem prolongar a campanha de rega”.