Carlista leciona música através de videochamada

A Carlista, antiga filarmónica montemorense, às semelhança do quem tem vindo a acontecer nas diversas instituições de ensino musical, teve que se adaptar à situação pandémica que o país atravessa devido à Covid-19.

Pedro Barreiros, membro desta associação, explica que “no decorrer do ano letivo passado, tivemos que nos adaptar e passar a lecionar as aulas através de videochamada. Não o fizemos em relação a todos os alunos, devido à tenra idade de alguns dos músicos, mas a verdade é que esta vai ser a realidade também neste novo ano letivo”.

Apesar de as aulas serem feitas em videochamada, os grupos continuam a ensaiar em conjunto”. Pedro Barreiros garante que “o objetivo é, o mais rápido possível, e logo que estejam reunidas as condições de segurança, voltar às aulas presenciais que permitem uma maior aprendizagem e interação entre professor e aluno”.

A Sociedade Antiga Filarmónica Montemorense “Carlista” é oriunda de um grupo de filarmónicos que teria sido organizado na primeira metade do séc. XIX em 1830 sob a regência de Carlos Simões.

A Banda da Sociedade “Carlista” com 35 elementos é um dos principais locais de cultura da Cidade de Montemor-o-Novo, durante este longo percurso, efectuou concertos um pouco por todo o país e em Espanha.