“Há mais assistentes operacionais do que nunca”, diz ministro da Educação

As escolas vão ter reforço de 1500 assistentes operacionais. A colocação dos novos funcionários “está prevista até ao final do ano” e o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, referiu-nos que “o Governo está a fazer os possíveis para que tudo corra bem”.

“Nestes últimos anos, reforçámos as nossas escolas com seis mil assistentes operacionais. Ainda recentemente, entraram mais 500 assistentes operacionais. Com este anúncio de mais 1500, temos mais assistentes operacionais nas escolas do que nunca. Sabemos que esta é uma ocasião especial, onde o seu papel também é reforçado, mas tudo estamos a fazer para que este reforço chegue o mais rapidamente possível às escolas”, garantiu o ministro.

Por outro lado, “a criação de bolsas de substituição rápida dá a hipótese às escolas de substituir assistentes operacionais que, por algum motivo, se encontrem de baixa médica”, sublinhou o ministro. Quanto ao balanço deste início de ano letivo, Tiago Brandão Rodrigues considera que “o balanço é que tem feito toda a comunidade educativa, ou seja, francamente positivo”.