Livro de Rui Jesuíno sobre monumentos da cidade e sua história

O livro “Elvas Antiga”, da autoria do cronista oficial da cidade, Rui Jesuíno foi apresentado esta tarde de sábado, no Auditório São Mateus, em Elvas.

Trata-se de uma monografia, em que cada capitulo é dedicado a um monumento da cidade, desde o séc. XIX até à atualidade, e mostrando como eram este ícones da cidade há anos atrás, e “são as mudanças que podemos observar nesta monografia”, diz o autor, Rui Jesuíno.

Rui Jesuíno é também colecionador de fotografias antigas, e diz que esta ideia surgiu “há vários anos”, adiantando que “o próximo volume sai no próximo ano, uma vez que Elvas é história”.

Esta é a primeira obra lançada pelo autor depois de de ter sido nomeado cronista oficial da cidade, o que para Cláudio Carapuça, vice-presidente da Câmara Municipal de Elvas, demonstra os “frutos da nomeação”, e acrescenta que “a riqueza do livro está nas fotografias que possibilitam uma visita guiada pela cidade, ao leitor”. O vice-presidente diz ainda que “quem não souber de onde vem não sabe para onde vai” e que esta é uma obra que “retrata muito bem a história da cidade”.

O primeiro volume da monografia “Elvas Antiga” foi apresentado esta tarde em Elvas, uma obra do cronista oficial da cidade, Rui Jesuíno.