Florival Cirilo reeleito como presidente do UFD

Florival Cirilo foi reeleito como presidente da Direção do União Futebol de Degolados (UFD), para o próximo triénio 2020-2023, sendo a lista por si encabeçada a única que se apresentou a sufrágio.

O presidente afirma que os órgãos sociais sempre tiveram “em mente dar continuidade ao projeto do clube que é de todos nós e tem quase 100 anos, e “como amantes não só do clube mas como das nossas gentes”. Esta reeleição assume-se não só num reconhecimento, mas também pelo facto de os órgãos sociais trabalharem “em prol do clube e se dedicarem a dignificar o clube”.

Os órgãos sociais eleitos para comandar a União Futebol de Degolados são compostos: na Assembleia Geral por Luís Pernão como presidente, Alcino Cirilo, como vice-presidente, Eduardo Madeira, como secretário; a Direção que é presidida por Florival Cirilo, tem como vice-presidente José António Rondão, como secretário Luís Caldeira, tesoureiro Bruno Cirilo e vogal Paulo Cirilo; e no Conselho Fiscal, Eliseu Pernão assume a presidência, tendo como secretário Bruno Marques e como vogal Luís Coelho.

“Dinamizar o conceito de associativismo a nível cultural e desportivo” é um dos objetivos para este novo mandato, uma vez que Florival considera que “as associações não são vistas como antigamente, mas pretende trazer o que era o carinho e a vivência do clube”.

Outro dos objetivos passa por “chamar a juventude para a prática desportiva”. Florival Cirilo refere que as modalidades de atletismo e futsal se vão manter e que estão a reunir esforçor para participar no campeonato distrital de futebol 11, algo que seria concretizado nesta época, mas devido à pandemia tal não foi possível. Por fim, Florival diz que “dignificar o clube, foi o que nos propusemos, enquanto Direção do União Futebol de Degolados”.