CPCJ de Campo Maior e GNR sensibilizam sobre álcool e drogas

Foto: facebook Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Campo Maior, em colaboração com a Guarda Nacional Republicana (GNR), tem vindo a desenvolver ações de sensibilização junto dos jovens, para os riscos associados ao consumo de álcool e estupefacientes.

Letícia Garcia, presidente da CPCJ de Campo Maior, afirma que esta estreita ligação com a GNR tem permitido “um contacto mais próximo com as crianças e jovens da vila, nos locais como cafés ou outros espaços públicos, de forma a conseguir estabelecer um diálogo com estas faixas etárias”. Letícia diz que pensaram nesta ideia, porque consideraram que seria “interessante fazer algo mais interventivo que fosse além das habituais palestras em contexto escolar”.

As ações de sensibilização têm também em vista ^”os espaços públicos e sensibilizar os bares e cafés, que recebem os jovens, e que se deparam com as questões legais da venda e consumo de álcool por parte de menores”.

Quanto à reação dos jovens à abordagem por parte da CPCJ de Campo Maior e da GNR, inicialmente ficam constrangidos pela abordagem, no entanto aos poucos percebem que o objetivo é estabelecer um diálogo e vão ficando mais descontraídos, chegando mesmo a partilha rexperiências”, diz Letícia Garcia.

A presidente da CPCJ acrescenta que é importante que os as crianças e jovens percebam que “estas duas entidades estão ali para os ajudar e não censurar”.

A CPCJ de Campo Maior, em colaboração com a GNR da vila, tem vindo realizar ações de sensibilização junto das crianças e jovens acerca do consumo de álcool e drogas, mas também junto dos estabelecimentos que normalmente têm bebidas alcoólicas.