Chuva provoca inundações e queda de árvores em Barbacena

A forte chuva que caiu ao início da tarde desta quinta-feira, 17 setembro, fez estragos em Barbacena, no concelho de Elvas, com várias casas inundadas, para além da queda de duas árvores.

Jorge Madeira, presidente Junta de Freguesia da União de Freguesias de Barbacena e Vila Fernando, garantiu à Rádio ELVAS que nunca se lembra de uma queda de água tão forte, num tão curto espaço de tempo, garantindo que as inundações não se podem justificar pelo entupimento de sarjetas.

“Caiu uma tromba de água como eu, com 53 anos de idade, não me lembro nunca de ter visto. Quando a água é muita, não há sítio onde ela não entra”, explica Jorge Madeira. “Não são sarjetas entupidas e se alguém disser isso, é ignorante”, acrescenta.

Jorge Madeira garante ainda que estas chuvas, que descreve como uma “catástrofe de dez minutos”, para além dos estragos nas casas das pessoas, incluindo a sua, vieram também prejudicar as colheitas de verão. Em sete minutos choveram 20 litros por metro cúbico.

Já segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Elvas, Tiago Bugio, foram mobilizados para duas ocorrências em Barbacena – as inundações e a queda de duas árvores, devido à chuva – dez elementos da corporação e duas viaturas. Os alertas para estas ocorrências foram dados às 15.02 e 15.15 horas.