Portugal tem mais quatro mortes e 613 novos casos Covid

Portugal contabiliza, esta segunda-feira, 14 de agosto, mais quarto (+0,2%) mortos relacionados com a Covid e 613 (+1,0%) novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país tem agora 64.596 casos de Covid-19 no total e 1871 óbitos. Das mortes referidas no relatório, três são na região Norte e uma na região de Lisboa e Vale do Tejo. Guimarães e Vila Nova de Gaia são, agora, os concelhos que motivam mais preocupação da DGS na região Norte.

À data de hoje, há um total de 477 pessoas hospitalizadas, mais 25 do que no dia anterior; em cuidados intensivos estão 61 pessoas, mais quatro do que no boletim de ontem e mais 116 pessoas recuperadas.

Os atuais 1871 mortos, no nosso País, estão registados 857 no Norte, 254 no Centro, 705 em Lisboa e Vale do Tejo, 22 no Alentejo, 18 no Algarve e 15 nos Açores. A Madeira é a única região portuguesa sem casos mortais. Os 64.596 infetados foram detetados 23.411 no Norte, 5279 no Centro, 33.070 em Lisboa e Vale do Tejo, 1161 no Alentejo, 1244 no Algarve, 192 na Madeira e 239 nos Açores.

No território nacional, registam-se 36.758 situações em vigilância; temos 477 doentes hospitalizados (mais 25 que ontem); há 61 pacientes em unidades de cuidados intensivos (mais quatro que ontem); e temos 44.185 casos de pessoas recuperadas (mais 116 que ontem).

Nas últimas 24 horas, Portugal teve quatro mortos devido à Covid-19, mais 613 infetados, mais 25 pessoas hospitalizadas, mais quatro doentes em unidades de cuidados intensivos e mais 116 pessoas recuperadas, segundo dados da Direção-Geral da Saúde divulgados ao início da tarde desta segunda-feira 14 de setembro.

De ontem para hoje, houve quatro mortos, um crescimento de 0,2%, e mais 613 infetados, um acréscimo de 1,0%. Os 613 novos infetados concentram-se em duas regiões, que perfazem 84%: no Norte com 179 (29%) e em Lisboa e Vale do Tejo (LVT) com 338 (55%). Os quatro óbitos das últimas 24 horas foram registados três no Norte e um em LVT. Guimarães e Vila Nova de Gaia são, agora, os concelhos que motivam mais preocupação da DGS na região Norte.

Os atuais 1871 mortos, no nosso País, estão registados 857 no Norte, 254 no Centro, 705 em Lisboa e Vale do Tejo, 22 no Alentejo, 18 no Algarve e 15 nos Açores. A Madeira é a única região portuguesa sem casos mortais. Os 64.596 infetados foram detetados 23.411 no Norte, 5279 no Centro, 33.070 em Lisboa e Vale do Tejo, 1161 no Alentejo, 1244 no Algarve, 192 na Madeira e 239 nos Açores.

No território nacional, registam-se 36.758 situações em vigilância; temos 477 doentes hospitalizados (mais 25 que ontem); há 61 pacientes em unidades de cuidados intensivos (mais quatro que ontem); e temos 44.185 casos de pessoas recuperadas (mais 116 que ontem).

Na última semana, em Portugal, as percentagens diárias de aumento do número de pessoas infetadas têm sido as seguintes: segunda-feira 7 de setembro 0,4%; terça 8 de setembro 0,6%; quarta-feira 9 de setembro 1,1%; quinta 10 de setembro 1,0%; sexta-feira 11 de setembro 1,1%; sábado 12 de setembro 0,8%; domingo 13 de setembro 1,1%; e segunda-feira 14 de setembro 1,0%.

Na defesa da sua saúde e da saúde dos outros, no cumprimento das normas da DGS, aconselhamos: lave ou desinfete as mãos com frequência, mantenha uma distância mínima de dois metros com outras pessoas e use máscara fora de casa.